Dia 11 de outubro é considerado como o dia internacional da menina.

A data foi constituída em 11 de outubro de 2012, para marcar os progressos realizados na promoção dos direitos das meninas e mulheres adolescentes e reconhecer a necessidade de se ampliar as estratégias para eliminar as desigualdades de gênero em todo o mundo. Essas desigualdades incluem o acesso e o direito à educação, à nutrição, aos direitos legais e a cuidados médicos, e a proteção contra discriminação, violência e casamento infantil forçado.

Ironia do destino a data ser bem véspera do dia das crianças, quando podemos ver várias ganhando presentes e abraços, enquanto outras estão sofrendo abusos dentro de suas próprias casas, por pessoas que deveriam respeitá-las e cuidá-las.

Você sabia que:

  • 75 milhões de meninas não frequentam a escola;
  • 1 a cada 3 meninas têm seu acesso à educação secundária negado;
  • A cada 3 segundos, uma menina é forçada a se casar;
  • 1 em cada 3 meninas nos países em desenvolvimento casam antes de completar 18 anos;
  • 1 em cada 7 meninas casam antes de completar 15 anos;
  • 150 milhões de meninas já foram vítimas de estupro ou outra forma de violência sexual;
  • A gravidez é a principal causa de morte de meninas entre 15 e 19 anos nos países em desenvolvimento;
  • Cada ano a mais de educação para uma mãe reduz a mortalidade infantil de 5% a 10%;

É necessário ter consciência dos absurdos que acontecem com as pessoas independente de gênero, raça ou religião; enquanto continuarmos a achar que dias como o de hoje são mero “mimimi” as coisas não irão mudar, precisamos nos unir e fazer algo para mudar a realidade das pessoas que sofrem com as desigualdades seja do tipo que forem. E enquanto há tantos tipos de abusos, violências ou desigualdades atingindo pessoas pelo fato simples de serem mulheres, é necessário olhar com carinho e atenção para as meninas. Elas merecem. O mundo merece.


Brenda Costa

Uma jovem que acredita que o mundo pode ser melhor com boas ações e amor pelo que se faz. Estudante de Sistemas de Informação, organizadora de eventos, mentora do Technovation Challenge, motivada pelos desafios da vida, apaixonada pela sensação de liberdade que o patins dá e por fotografias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *